AMBIENTE EXTERNO RESIDÊNCIA BJ - INT. SÃO PAULO

Localizado no interior de São Paulo a residência conta com um jardim exuberante onde é possível notar diversas texturas e volumes. Com o jardim vertical não poderia ser diferente, com plantas de cores e texturas distintas, foi possível criar uma harmonia bem interessante entre as espécies.

Jardim Vertical 1

Mesmo com diversos tons de verde e texturas de folhas, o destaque principal fica para as Orquídeas Chuva-de-Ouro, que em meio a esta mancha verde exibem ainda mais sua beleza. Em segundo plano temos uma diversidade de formato de folhas que são representadas pelas Samambaias, Cissus, Aspargos e alguns Gerânios que atribuem ainda mais beleza e sofisticação ao projeto.

Jardim Vertical 2

Neste segundo jardim vertical temos um jogo de volumes que é dado pelo uso de plantas bem diferentes. A Monstera com suas lindas folhas ornamentais em contrapartida ao Ripsális que apresenta um belo efeito cascata. As cores e texturas são características bem marcantes deste jardim e são bem representadas pelo lindo contraste do vermelho dos Antúrios ao amarelo das Orquídeas Chuva-de-Ouro.

Jardim Vertical 3

Voltado para uma sala de massagem de uso privativo dos moradores, este jardim vertical emoldurado por uma linda treliça, tem todo seu encanto por conta da composição de diferentes tipos de Samambaias. Espécies com folhas maiores associadas a outras com folhas menores criam um efeito bem particular valorizando ainda mais o ambiente. O uso desta espécie se deu pelo fato de as samambaias serem plantas bem indicadas para ambientes sem incidência direta de sol.

Projeto – Marcelo Novaes

Execução – Paredes Vivas